Supremo está a um voto de manter norma antielisão

Supremo está a um voto de manter norma antielisão

Cinco ministros votaram até agora e todos reconheceram constitucionalidade da norma prevista no CTN

Por Joice Bacelo, Valor — Brasília

28/06/2020 16h07  Atualizado há 3 horas

O Supremo Tribunal Federal (STF) está a um voto de decidir sobre a aplicação da chamada “norma antielisão”. Prevista no Código Tributário Nacional (CTN), ela é muito usada pela fiscalização para desconstituir operações realizadas pelas empresas que reduzem a carga fiscal — os chamados planejamentos tributários.

Cinco ministros votaram até agora e todos eles reconheceram a constitucionalidade da norma, estabelecida pelo parágrafo único do artigo 116 do CTN. Só falta mais um voto para que se tenha a maioria. O julgamento, que estava no plenário virtual da Corte, foi suspenso por um pedido de vista do ministro Ricardo Lewandowski e não tem ainda uma nova data definida para ser retomado.

Mas já vem chamando a atenção dos especialistas. Segundo advogados, se confirmar o placar, a decisão retratará uma situação rara: os ministros terão se posicionado contra o pedido do contribuinte, mas a fundamentação adotada será favorável.

(…)

“Se prevalecer esse entendimento, interpreta o advogado Tiago Conde, sócio do escritório Sacha Calmon, o Fisco só poderá desconsiderar as operações realizadas pelas empresas se demonstrar que houve fraude ou simulação. “Muda completamente de valor. Porque hoje o Fisco joga e o contribuinte tem que correr atrás. Agora, pelo voto da relatora e já acompanhado por quatro ministros, estamos entendendo que o Fisco terá que comprovar que há ilícito”, diz. (…)”

Leia a íntegra

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/06/28/supremo-esta-a-um-voto-de-manter-norma-antielisao.ghtml

 

 


Posts relecionados

O voto do ministro Fachin e a liberdade de expressão

Em 54 páginas do detalhado e minucioso voto proferido pelo ministro Edson Fachin,...

Notícias da semana no mundo corporativo

 A P&B Compliance acaba de agregar o advogado Bruno Galvão Ferola ao seu...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478