São Paulo decide rescindir com Jean, acusado de agredir esposa

São Paulo decide rescindir com Jean, acusado de agredir esposa

 Denúncia foi feita por Milena em vídeo durante a madrugada desta quarta (18)

João Gabriel

SÃO PAULO

São Paulo definiu que vai rescindir seu contrato com o goleiro Jean, que está preso nos Estados Unidos, acusado de ter agredido sua esposa.

A decisão foi tomada em uma reunião da diretoria que totalizou mais de dez horas nesta quarta-feira (18), após o clube ficar sabendo do ocorrido pelas redes sociais e pela imprensa. O vínculo com o atleta de 24 anos tinha término previsto para dezembro de 2022.

A informação foi dada pelo site Globoesporte.com e confirmada pela Folha. Em nota oficial divulgada na noite de quarta, o clube disse ter mesmo escolhido o futuro do jogador, embora não possa anunciá-lo neste momento.

Comentários dos clientes Original 123

(…)”Segundo Larissa Salvador, advogada do escritório Marcelo Leal que trabalha na Flórida, a pré-sentença (status do jogador no site oficial da polícia) significa que não houve decisão sobre o caso e que ele está em investigação.

De acordo com ela, nem sequer o registro de queixa pela esposa é necessário para que o atleta tenha sido preso, mas simplesmente a suspeita de que tenha havido agressão.

“O fato de ele ter sido preso não significa que automaticamente vá haver um caso contra ele. Nesses casos de violência doméstica, a não ser que a esposa faça a queixa oficial, o caso não vai para a frente”, afirma Larissa Salvador.(…)

(…)“Eventualmente, a Justiça americana pode mandar o processo para o Brasil, já que aqui é o país de residência dele. No caso, seria a Justiça Federal do estado em que ele reside [São Paulo] que seria a competente para julgamento da causa”, diz o advogado criminalista Daniel Bialski.(…)

Leia mais

https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2019/12/sao-paulo-decide-rescindir-com-jean-acusado-de-agredir-esposa.shtml

 


Posts relecionados

A aprovação tácita na Lei de Acesso à Biodiversidade

Usuários têm maior segurança jurídica, por não serem surpreendidos com questionamentos ou restrições...

Decisão acende debate sobre vínculo trabalhista na economia de aplicativos

Para a advogada trabalhista Cristina Buchignani, do CTP Advogados, 'Os entregadores não possuem...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478