Saldo da COP26 ainda está em aberto

Saldo da COP26 ainda está em aberto

Mercado de carbono é mecanismo fundamental na transição energética

Por Lina Pimentel

Chegou o momento de fazer história. Esse é o sentimento que deve permear autoridades, especialistas e executivos que acompanharam a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26). Antes de listar avanços ou frustrações do encontro, é preciso comemorar o fato de que nunca se teve tanto acesso a informações sobre o assunto, ampliando a visibilidade das discussões. Entram em cena agora as palavras responsabilidade e cooperação.

A COP26 pode representar um marco no caminho a ser trilhado pelas nações diante da emergência climática, que envolve questões socioeconômicas e de justiça social. O saldo do evento deste ano ainda não está fechado e pode ser positivo, se houver um plano de ação intensivo de cada um dos países que se comprometeram com as resoluções.

Lina Pimentel é co-coordenadora do Chapter Zero Brazil, integrante do IBGC (que representa a Climate Governance Initiative no Brasil), advogada em Direito Ambiental e Mudanças Climáticas e sócia do escritório Mattos Filho Advogados.

Leia na íntegra: https://valor.globo.com/opiniao/coluna/saldo-da-cop26-ainda-esta-em-aberto.ghtml


Posts relecionados

Energia limpa é foco de apenas sete de 27 políticas energéticas lançadas em 2020  

Por outro lado, são 10 iniciativas que sustentam as energias fósseis, que poluem...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478