Supremo tem precedente com Lula

Supremo tem precedente com Lula

A decisão do ministro Alexandre de Moraes de suspender a nomeação de Alexandre Ramagem à diretoria-geral da Polícia Federal segue precedente aberto pela Corte, de quando o ministro Gilmar Mendes suspendeu a nomeação o ex-presidente Lula como ministro de Dilma Rousseff. O advogado Flávio Henrique Costa Pereira, sócio coordenador do Departamento de Direito Eleitoral e Político do BNZ Advogados, destaca que os atos administrativos devem mirar exclusivamente no público. Tony Chalita, mestre em Direito Constitucional, especialista em Direito Eleitoral e também sócio coordenador do Departamento de Direito Eleitoral e Político do BNZ Advogados, também indica que a decisão está alinhada com o precedente do STF. O criminalista Daniel Gerber entende, no entanto, que as decisões do STF sobre os atos administrativos, parecem intromissões indevidas na esfera de independência do Poder executivo.


Posts relecionados

Guia global dos principais escritórios de advocacia da área do Direito Concorrencial

A Advocacia José Del Chiaro foi ranqueada como "highly recommended firm" na edição...

Logo Conjur
Professores tornam-se alvos da CGU após criticarem Bolsonaro

Segundo Valdir Simão, o caso seria uma infração administrativa punível com uma pena...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478