Supremo tem precedente com Lula

Supremo tem precedente com Lula

A decisão do ministro Alexandre de Moraes de suspender a nomeação de Alexandre Ramagem à diretoria-geral da Polícia Federal segue precedente aberto pela Corte, de quando o ministro Gilmar Mendes suspendeu a nomeação o ex-presidente Lula como ministro de Dilma Rousseff. O advogado Flávio Henrique Costa Pereira, sócio coordenador do Departamento de Direito Eleitoral e Político do BNZ Advogados, destaca que os atos administrativos devem mirar exclusivamente no público. Tony Chalita, mestre em Direito Constitucional, especialista em Direito Eleitoral e também sócio coordenador do Departamento de Direito Eleitoral e Político do BNZ Advogados, também indica que a decisão está alinhada com o precedente do STF. O criminalista Daniel Gerber entende, no entanto, que as decisões do STF sobre os atos administrativos, parecem intromissões indevidas na esfera de independência do Poder executivo.


Posts relecionados

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

O advogado Saulo Stefanone Alle, especialista em Direito Internacional do Peixoto & Cury...

Acordo entre Poder Executivo e tribunais superiores fortalece segurança jurídica

O acordo de cooperação técnica assinado, em Brasília, é de vital importância, pois disponibiliza...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478