Sob Bolsonaro, gestão federal tem média de uma denúncia de assédio moral por dia

Sob Bolsonaro, gestão federal tem média de uma denúncia de assédio moral por dia

Servidores relatam perseguição ideológica e constrangimentos; número de casos supera registros do governo de Michel Temer

2.ago.2020 às 23h15

Raquel Lopes

BRASÍLIA A CGU (Controladoria-Geral da União) recebeu até aqui 680 denúncias de assédio moral apresentadas por funcionários públicos federais durante o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Isso representa uma média de pouco mais de uma denúncia (1,2) por dia desde o início da gestão.

Lideram a lista os ministérios da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Educação, Saúde e Economia, além de Polícia Federal e a própria CGU. Instituições de ensino também aparecem na lista, como a Universidade Federal de Goiás, no topo do ranking.

(…

“Segundo Antonio Carlos Aguiar, doutor em direito do trabalho e sócio do Peixoto & Cury Advogadosassédio moral são microagressões rotineiras, ou seja, pequenos atos repetitivos direcionados a uma pessoa que geram constrangimento ou discriminação.(…)”

Leia a íntegra

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/08/sob-bolsonaro-gestao-federal-tem-media-de-uma-denuncia-de-assedio-moral-por-dia.shtml?origin=folha

 


Posts relecionados

Deputada aciona MP por ataques da Secom a Petra Costa

Para Mônica Sapucaia Machado, a Secom se comportou "como um instrumento de opinião...

Cielo: Suspensão de pagamento por WhatsApp é criticada

Os especialistas Ademir Pereira Junior e Márcio Casado discordam da suspensão ao novo...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478