Logo Valor

São demais os perigos para quem litiga no Brasil

São demais os perigos para quem litiga no Brasil

Aos advogados cabe a extrema cautela, com a contagem mais conservadora possível de seus prazos

É conhecida no mundo jurídico a anedota em que um aluno de direito, indagado pelo professor acerca dos diferentes prazos processuais para apresentação de recursos, respondia que todos os prazos seriam de 24 horas. Confrontado pelo professor acerca do claro equívoco na contagem de prazos, redarguiu: “posso ter errado, mas não perco um único prazo”. A vida, infelizmente, parece se inspirar no humor.

Diogo Ciuffo Carneiro é master of laws pela Columbia Law School, mestre em direito processual civil pela PUC-SP e sócio do Lefosse

Fonte: Valor Econômico


Posts relecionados

Logo Conjur
Regularidade fiscal é requisito para concessão de recuperação judicial

O argumento é o de que essa exigência poderia acarretar uma onda de...

Reabertura do comércio: regras, desafios e dúvidas

Segundo Maria Cibele Crepaldi Affonso, os gestores precisarão apresentar protocolos de reabertura para...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478