Logo Estadão

CPFs vazados: milhões de brasileiros em perigo

CPFs vazados: milhões de brasileiros em perigo; ouça no ‘Estadão Notícias’

Por Barbara Rubira

Na semana passada, um laboratório especializado em segurança digital da startup PSafe reportou um vazamento em massa que pode ter exposto os dados de mais de 220 milhões de brasileiros. As informações expostas incluem nome, endereço, CPF, renda, conta bancária e até mesmo fotos de cidadãos, incluindo pessoas já falecidas. O vazamento inclui ainda 40 milhões de CNPJs e dados de mais de 104 milhões de veículos.

As informações estão sendo vendidas em pacotes na internet e podem ser utilizadas para compras no cartão de crédito, formação de dívidas, venda de patrimônio e golpes de phishing.

 origem do vazamento ainda não pode ser confirmada, mas há indícios de que as informações sejam parte do banco de dados do Serasa. A empresa nega envolvimento no caso. Segundo especialistas, esse pode ser o maior roubo de informações da história do País. E o mais preocupante: não há muito que pode ser feito por quem teve os dados expostos.

No episódio de hoje, o editor do Link, Bruno Romani, comenta o caso e o que ele representa para a segurança e a privacidade das vítimas. A advogada Paula Sion, coordenadora do Grupo de Trabalho sobre proteção de dados na Comissão de Direito Penal da OAB/SP, fala das repercussões jurídicas de episódios de vazamento de informações pessoais.

Fonte: Estadão 

Posts relecionados

Logo Estadão
Riscos enfrentados por administradores e acionistas na pandemia são tema de debate nesta sexta

Evento virtual com participação do ministro do STJ, Sebastião Reis Júnior, será transmitido...

Logo Estadão
Criminalista vê indícios de ‘homicídio por omissão imprópria’ na crise que atingiu o Amazonas

Advogados, ouvidos pelo Estadão, consideram que responsabilização depende de comprovação de envolvimento na...

Fale conosco

Endereço
Rua Wisard, 23 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Contatos

(11) 3093 2021
(11) 974 013 478